FILHO DE MEU MARIDO ME CHANTAGEIA PARA ANAL.

Localização desconhecida

2657 hits ID #1860

Descrição

Meu nome é Neuza e o filho de meu marido acabou arrombando meu cu, fazendo chantagem por descobrir que sou uma grande puta. Coitado, não sabe de nada esse inocente. Mas vou contar e mostrar a todos vocês agora.
Tenho 54 anos bem vividos, pele cor de canela, cabelos negros e lisos. Apesar de coroa, sou muito bem cuidada, malho sempre e tenho um corpo que muitas jovens não tem. Uma bunda enorme e adoro anal. Meu marido tem quase 70 anos e somos liberais. Só que ninguém em nosso meio de amizade e familiar sabe de nada, claro.
Mas o filho dele descobriu tudo, ao mexer em meu computador. Só que não ligou a um casamento liberal. Viu umas imagens e filmes meus dando a bunda, gemendo e falando putarias. Salvou e veio me chantagear. O coitado nem imagina que quem registou tudo foi seu Papi, corno assumido. Falei para ele e a única saída que vimos foi eu atender a sua chantagem, como se fosse para preservar o casamento e meu marido. Ele queria demais meu cu há anos, segundo ele mesmo confessou. Falei que traia meu marido, mas que isso ficasse entre nós e ele topou. Mas eu teria de ser sua amante de bunda, pois ele adora cu e poucas mulheres o aguentam, mesmo na buceta.
Ele veio aqui em casa hoje, dia 13, para comer meu cu. Gente, que pau enorme! Gosto de dar a bunda, mas nunca recebi algo tão grande e grosso. E ele também nem imaginava que eu estava registrando tudo, sem ele saber, para mostrar ao seu Pai e nossos amigos da internet.
Fiquei de quatro, com meu rabão para cima. Ele vem por trás, fala que minha bunda é linda e gostosa. Abre com as duas mãos e olha para meu ânus apertado e gostoso. Encosta o pau e começa a forçar, mas estava difícil, por causa da grossura. Muito mesmo. Fui suado frio, gemendo e fazendo força. Aos poucos ou sentindo o pau entrando, mas abrindo demais meu cu. Fiquei com medo de rasgar essa porra, juro. A cabeça passa e devagar ele vai metendo tudo. Aquele trem vai entrando e preenchendo meu reto quente. Parecia que não tinha mais fim. Até que sinto a cabeça da pica na barriga, querendo varar. Eu estava empalada. Ele começa a socar e coloca para fora um pouco de sua revolta, me chamando de puta, de chifradeira, de gaieira, de bundeira, esposa de corno e tudo que não presta. ...... QUER RECEBER TUDO COMPLETO NOSS, DIARIAMENTE? NOSSOS FILMES, DESDE OS ANOS 90 ATÉ OS ATUAIS? CONTOS, FOTOS E MAIS? FAÇA PARTE DE NOSSO TELEGRAM EM www.bit.ly/selmalinks

Comentários 0

Nenhum comentário foi adicionado ainda