meu pai gozou na minha bucetinha e eu amei

BR

O anunciante não colocou nenhuma foto
1 ano atrás 2272 hits ID #2036

Descrição

Olá, meu nome é Gabi, alguns já devem ter lido muitos dos meus contos, e alguns estarão tendo o prazer nesse momento haha farei uma descrição breve para não enrolar muito, tenho 19 anos, escrevo algumas de minhas aventuras desde o ano passado, mas vou admitir... as aventuras estão quase acabando kkkk acredito q já contei boa parte do q poderia contar, sobre meu corpo, bom... vou baixinha, baixinha rabuda pra ser bem sincera, nunca fui peituda, mas o que n tenho na frente eu compenso com uma bunda deliciosa e uma bucetinha gulosa q ama um pauzão, é serio, eu sou uma tarada, sempre fui, mas sempre extremamente seletiva, meu rostinho de anjo me deixa escolher facilmente quem vou chupar rs e meu pai sempre percebeu muito bem esse meu lado mais vadiazinha, meu irmão tb, n foi atoa q meu irmão acabou sendo o primeiro homem q chupei na vida, isso já bem novinha, e q já acabei contando aqui em um conto, já meu pai sempre foi mais de olhar, ele e minha mãe são separados, e eu atualmente estou fazendo minha faculdade, eu iniciei vendendo packs escondida desde o ano passado para auxiliar na mensalidade tb kkkk já q só com o trabalho fica complicado, e meu pai sempre acabou sendo muito próximo de mim, era claro seu olhar malicioso quando estávamos sozinhos, ou sua passada de mão pela minha bunda quando ia me dar um abraço, e isso iniciou assim q meu corpo tomou a forma q viria a ser a q é hj, a maldade em suas passadas de mão sempre foram muito claras pra mim, e a cada abraço sentia seu pau enorme latejar por debaixo da calça, é errado isso? talvez, mas sempre fiquei fodac para o q os outros pensavam de mim, a realidade é q hj em dia, n importa se vc é uma pessoa boa ou ruim, sempre vai existir alguém para te odiar ou julgar as coisas q faz, então se nd ta certo, o errado pode muito bem ser algo gostoso de ser feito se assim vc quiser, e é obvio q eu queria, meu pai sempre foi um homem gostoso, e eu sabia q seu pau era uma obra de arte pelas diversas vezes q entrei no banheiro sem bater na porta e me deparei com aquela coisa enorme pelo box de vidro.

Um certo dia, um dia q eu jamais vou esquecer, me deparei com uma cena incomum, por meus pais serem separados, era obvio q ambos tinham suas vidas sexuais ativas, mas nunca havia visto meu pai trazer mulher alguma para casa, ele provavelmente arrastada todas para um Motel, mas essa era diferente, ele trouxa a mulher para cada, e ao ver seu corpo, e principalmente seu rosto, tomei um susto, a mulher parecia uma copia minha um pouco mais velha, aquilo deixava claro q meu pai sentia atração pelo meu tipo de pessoa, loirinha, rabuda, e com carinha de anjo travesso, descobri isso td enquanto via através da porta entre aperta os dois transando, minha buceta pingou em assistir aquela cena, era melhor do q mil filmes porno q já havia assistido, era real, a realidade é bem clara quando acontece, é bem obvio diferenciar o real do cinematográfico, e se eu colocasse uma camera ali, posso garantir q teria um sucesso nacional em site porno kkkk após essa cena q vi, passei os dias olhando meu pai com olhos diferentes, e meu irmão mal parava em casa, diferente de mim q estava sempre estudando, todo dia meu pai chegava do trabalho 13hrs, e lá estava eu sentada no sofá para conversar, um certo dia durante nossas conversas, estava extremamente quente, e por estar em casa, n vi pq n colocar algo mais de praia, pus um biquini e fiquei ali, e enquanto conversamos seus olhos passeavam pelo meu corpo como um lobo selvagem q não come a dias e se depara com um belo pedaço de carne, passou a fazer carinho em minha perna, minhas pernas se abriam aos poucos e seus olhos n saiam de cima da minha bucetinha, levantei seu queixo, olhei em seus olhos e fiz uma pergunta q acredito ter colocado ele de volta na realidade "esta se perguntando o q tenho debaixo do biquini? nunca viu minha bucetinha?" seu olhar calmo voltou, da sua boca saiu as seguintes palavras "via muito quando era pequena, sei q é branquinha, e pelas historias q ouvi vc comentar com suas amigas, é uma bucetinha gulosa q não suporta viver sem rola" soltei um sorriso e abri minhas pernas, concordando com a cabeça e deixando q ele abusasse de mim, sua mão se encaixou no cantinho do biquini, e logo puxou de lado, de joelhos em minha frente, daddy passou a lamber minha bucetinha enquanto eu segurava seus cabelos, me molhava inteira pelo efeito de sua lingua e do tanto q estava pingando, com minha buceta implorando por rola, não deu tempo de pedir, quando recobrei minha sanidade depois de tanto gozar me deparei com meu pai de pau duro em minha frente, encaixando aquela coisa enorme na minha buceta, socada atras de socada, me enforcando enquanto fazia minha carinha de vadia, n controlava meus sorrisos e a felicidade de estar experimentando aquele pau gostoso, sem dó de mim, me usava como um objeto, me maltratando e me deixando toda vermelha de tapas, fiquei de 4 e senti aquela coisa escorregar pra dentro de mim, foram alguns minutos q pareceram horas, e acabamos com ele lotando a minha buceta de porra, após esse dia passei a dar minha buceta, cuzinho, e engolir todo o leitinho possivel, passei a ser a putinha do papai, e se isso é errado, estou pouco me fudendo, eu amo, e n vou parar por causa de julgamentos alheios, um grande bj e até o proximo conto, Para as meninas q quiserem conversar ou os meninos q quiserem meus packs, é só me procurar 4,1,9,8,7,1,7,5,3,4,1 vou adorar sua companhia, caso se pergunto quem é o pauzudo q aparece me comendo nos videos, é ele haha

Contatar angie226

Comentários 0

Nenhum comentário foi adicionado ainda