Primeiro Swing

BR

O anunciante não colocou nenhuma foto
3601 hits ID #1481

Descrição

Olá, eu sou a Catarina e esta é a minha primeira tentativa e contar um conto. Tenho 27 anos e namoro com o Júlio que tem 32. Somos um casal normal, mas que intimamente gostamos de experimentar coisas novas.
Fugindo à tendência de todos se apresentarem como modelos, somos acho que normais. Eu sou morena, 1,62m, 53 kg, cabelo preto pelos ombros, olhos pretos, seios médios e confesso que adoro o meu rabo. O Júlio tem 1,70 m, 65 kg, corpo de ginásio, bem definido, moreno e cabelo curto.
Fazia já algum tempo que queríamos experimentar fazer swing mas não sabíamos como. Foi então que através de um site conhecemos um casal. A princípio sem grandes expectativas, falámos no skype. Para eles também seria a primeira experiência do género.
Marcámos um encontro, mas nessa noite só se conversou e combinou-se um encontro na semana seguinte para ver se as coisas “rolavam”. Não pensámos muito naquilo durante a semana, até que chegou a noite de sexta feira em que fomos a casa deles.
Receberam-nos, vestidos normalmente e sentámo-nos todos no sofá a tomar um vinho. A Marta era de uma beleza quase exótica. Tinha 25 anos, baixa com talvez 1,60 m, magra, morena escura e olhos verdes, notava-se bem o peito. O Paulo, já tinha 35, tipo normal, com talvez 1,70 m, moreno, cabelo curto, não se destacando particularmente, mas muito sensual. Conversa normal, mas o nervosismo aumentava, pois os olhares iam ficando cada vez intensos. Notei que o Júlio, olhava intensamente os seios salientes da Marta, assim como ela olhava para ele e ia humedecendo os lábios discretamente. Entretanto, o Paulo não tirava os olhos das minhas pernas, aumentando assim o clima.
Resolvi romper com o bloqueio e puxei o Júlio e beijei-o na boca enquanto lhe desapertei-lhe o cinto e tirei-lhe o pau de fora. O pau do Júlio estava bem teso, mas foi ficando mais duro à medida que o comecei a chupar bem devagar com suaves movimentos perante os olhares da Marta e o do Paulo. Tirei a minha camisola, ficando só de sutiã e o Júlio tirou a dele ficando só em tronco nu. A Marta e o Paulo começaram a despir-se e a beijarem-se também.
Parei um pouco para os observar. A Marta tinha um corpo que me surpreendeu. Seios salientes, ancas bem feitas pernas bonitas e um rabo bem torneado. Era uma bela mulher sem dúvida. Gosto de mulheres e ver aquela morena semi-nua, fez-me aumentar a excitação.
Levantei-me e aproximei-me dela, beijando-a nos lábios. Desapertei-lhe o sutiã, ficando a descoberto os seios volumosos mas muito bonitos, bem redondos semelhantes a duas meloas. Não resisti e beijei-lhe os seios, sentindo que ela se arrepiou dos pés à cabeça.
Peguei-lhe na mão e levei-a até ao Júlio que estava completamente num sentado no sofá com o pau completamente teso. Apesar de ser um homem quase normal distingue-se pelo pau um pouco grande e grosso que não passa despercebido. A Marta aproximou-se dele e ele caiu de boca naqueles seios. Eu beijei-a de novo e conduzi-a até aquele pau enorme pronto para ser sugado. Surpreendentemente, ela baixou-se e começou a lamber-lhe o pau, enquanto eu lhe beijava o rabo magnifico.
O Paulo aproximou-se de mim com o pau bem teso. Era um pau mais pequeno, o que era bom, pois prefiro assim e confesso que chupei com gosto. O Paulo sentou-se ao lado do Júlio, enquanto eu e a Marta fazíamos oral a um e a outro.
A Marta levantou-se e disse para irmos para o quarto. Tinham uma cama grande e retomámos ao oral. Enquanto chupava o Paulo, fiquei a ver Marta de volta do Pau do Júlio com dificuldades para o engolir todo. Uma visão magnífica que aumentava a excitação ao máximo. O Júlio pegou na Marta e deitou-a na cama, tirando-lhe as cuecas, começando a chupar aquela pussy. Foi demais para mim e também eu quis experimentar. Fui até ela e comecei a lamber aquela pussy linda. Foi fantástico.
A excitação era enorme. A Marta deitada na cama, pronta para receber o membro bem teso do Júlio que parecia rebentar de tesão. Ele entrou nela e foi tão intenso que quase senti entrar em mim. Coloquei-me sobre a boca dela, para que me lambesse. Eu estava tão molhada, que sentia os meus fluidos misturados coma saliva dela. A Marta gemia imenso e contraía-se toda enquanto recebia o pau inteiro do Júlio. Eu não resistindo mais, fui ter com o Paulo que me esperava deitado na cama. Montei em cima dele e comecei a cavalgar nele.
Os gemidos da Marta punham-me louca enquanto eu cavalgava o Paulo, aumentando a velocidade, ate ele rebentar debaixo de mim. Desmontando dele, fui novamente ter com a Marta enquanto ela era penetrada pelo Júlio. Beijei-a e fiquei de volta daqueles seios maravilhosos até ela se vir com toda a intensidade do mundo soltando um grito enorme. Júlio deu mais umas estocas ate rebentar finalmente nela com grande abundância de semén como costuma.
Ficámos os 4 deitados na cama suavemente quase adormecidos. Depois….é outra história.

Comentários 3

Mais uma grande experiênc... por Ana Sonhadora 3 anos atrás

Mais uma grande experiência! Muito muito excitante!

Parabéns pelo conto, ador... por Rui Jorge Santos 2 anos atrás

Parabéns pelo conto, adorei um excelente exemplo de swing com as 2 queridas a explorem-se ....continuem

olá[email protected] por Francisco Costa 2 anos atrás