MEU FILHO TIROU A VIRGINDADE DE MEU CU

Localização desconhecida

1967 hits ID #1863

Descrição

Depois de quarentona, jamais pensei que ia dar meu CU. E principalmente ao meu próprio filho. Meu marido sempre me pediu para comer minha bunda, mas pela criação que tive, valores e até medo da dor, sempre rejeitei isso. Mas sempre tive curiosidade e perguntava as minhas amigas casadas que faziam. A maioria fazia somente para satisfazer ao Marido, mas detestavam, por causa da dor enorme. As que faziam porque gostava eram poucas, mesmo assim falam da dor do mesmo jeito. Ou seja: Dar o cu dói e isso é fato.
De 6 meses para cá descobri que meu filho é um exímio comedor de CU, pois vi isso em papos cm amigo da faculdade. Não disse nada e continuei vendo seus prints com amigo, sempre falando de novas comidas de cu. E confessando o desejo pela MINHA bunda. A bunda da própria Mãe. Não entendi, mas fiquei excitada e com desejo em fazer anal. E logo com ele. Senti-me culpada, as isso foi passando. O tesão era grande. Temos muito amor um pelo outro e batemos papo abertamente sobre tudo. Foi aí que confessei a ele o que descobrira em seu celular. Ele ficou sem jeito e envergonhado. Aí falei que o Pai dele sempre me pediu, mas nunca fiz anal. E confessei que fiquei excitada e que estava com vontade. Ele falou que eu devia tentar mesmo. Mas aí falei que adoraria que fosse com ele, pois vi nas conversas com amigo sobre o desejo dele pela minha bunda. Ele confessou que tinha mesmo vontade, mas amais falaria. Isso tudo hoje pela manhã. Tirei a roupa aqui mesmo em casa, na sua frente, virei-me de costas e falei que aquela minha bunda é toda dele.
Ele se chega, ajoelha atrás, abre ela e começa a lamber. Que tesão. Depois nos abraçamos e seu pau endurece. E como era enorme e grosso. Eu jamais imaginei isso. Começo a chupar seu pau enorme e depois sento-me no sofá, abrindo bem as pernas, de frente para ele. Falei para ele colocar em meu cu. Ele encosta o pau e vai tentando forçar, mas meu cu estava apertado demais. Eu via em seu rosto o prazer ao ver minha cara de dor, gemendo feio uma puta de rua. Vou fazendo força e a cabeça passa. Eu já suava frio. Dói muito mesmo, mas o prazer de sentir o pau entrando é grande e compensa. Devagar ele coloca tudo e logo estou com seu pau tod dentro de meu cuzinho. Nos beijamos na boca e assim mesmo ele já começa a soar no cu da mãezinha. Estava doendo e eu sabia que estava arrombado. Ele olhava o pau entrando e saindo, segurando em meus pés, abrindo bem minha perna e falou que estava sangrando. Ele tirou a virgindade do meu cuzinho. Começa a socar forte até que vi em seu rosto a expressão de prazer, seguida por um gemido alto e sinto seu esperma jorrando dentro de mim. Que gozada gostosa do cacete. Pedi para ele fazer essas fotos com meu celular, pois era um momento especial e eu queria ver como ficara meu ânus. Claro que falei que logo apagaria. Mas amanhã quero gravar tudo sem ele saber. Aguardem.
Aline Maceio Groups

Comentários 0

Nenhum comentário foi adicionado ainda