UMA IDA A CASA DE RAÇÃO ….

Localização desconhecida

54 hits ID #2105

Descrição

Me chamo Simone tenho 42 anos , casada sou morena com um corpo e peitões bem atraentes modéstia parte, e chamo um pouco a atenção ,ao lado da minha casa abriu uma casa de ração, e o dono é um garoto dos seus 20 anos ,eu lavando minha calçada percebi que ele fica de olhos em mim ,gostaria de saber o que passa naquela mente pecaminosa ,kkk mais eu adoro de certa parte ele me chama atenção ,com aquela carinha de menino em um corpo de um homem ,meu esposo tem um certo ciúme dele quando vemos ele na rua ,mais enfim não posso mandar nos meus desejos ,descobri agora que nem nas minha atitudes kkk, meu esposo foi viajar a trabalho, fiquei só mais como não tínhamos nenhum animal não tinha álibi para eu ir até a casa de raçoes dele , estava fazendo uma horinha lá no portão ,o garoto todo sorridente me cumprimenta, e eu sem ação acabei apelando ,perguntei se ele soubesse de alguém que tinha um cachorrinho de porte pequeno para vender, ele disse tenho um canil de porte pequeno , disse pra ele tem filhotes ? Ele disse fica aqui no fundo da casa de ração quer ver? Fechei minha casa e fui, chegou lá era um portão imenso ´só estávamos eu e ele, já fui direto ao assunto casado? Ele sim mais não estou morto eu disse idem ,ele falou você e uma coroa gostosona ,todo dia soco uma punheta para você eu ri e ele disse verdade, cheguei bem perto dele e ele disse além de tudo cheirosa ,beijei logo aquela boca gostosa ,ele já enfiando o dedo em mim me fazendo gozar coisa de loco-o, baixei dei logo uma chupeta deliciosa pra ele subindo molhando descendo secando ele em gemidos gostosos, falou para eu ficar de quatro que ele ia me penetrar eu disse não hoje vamos fazer isso afinal somos vizinhos ,até desmamar meu cachorrinho já fizemos de tudo ele louquinho e eu ali mamando ,na hora de gozar deu de tira da minha boca eu disse ,quero beber todo seu leitinho, engoli aquele precioso leite daquele garoto até lamber os lábios, deixei ele molinho e disse amanhã quero mais ,mais bem cedinho para os vizinhos não desconfiar ,ele não me deixava sair chupando o pescoço, apertando meus peitos fui fiando louca de tesão e mole ao mesmo tempo, que eu estava no controle da situação ,ele me dominou me jogando encima de um sofá lá do escritório dele ,e enfiando aquele delicioso pau na minha xana eu sem ação fui me entregando e gozando até molhar aquele sofá todo ,ele dizendo você é muito gostosa mesmo ,goza pra caraio ,eu sem palavras ,mais gozando horrores naquela vara diferente afff achei que não ia para de gozar ,e ele amando ,acabamos e quando eu me vestia ele disse agora que vou ficar mais louco ainda quando te ver, eu disse podemos continuar e assim estamos até hoje ,quando meu esposo sai ou eu vou pra lá ou ele vem pra cá ,estou até pensando uma dupla penetração ,antes tenho que convencer meu esposo.....

Contatar Patricinha